Entenda os 4 princípios da governança corporativa

Nova call to action

Sua empresa segue os princípios da governança corporativa? Eles correspondem a diretrizes que encaminham a gestão das empresas com base em boas práticas visando à melhoria de sua eficiência e posicionamento.

A governança corporativa diz respeito a uma série de práticas, processos e políticas aos quais uma empresa recorre para garantir que o controle de suas operações ocorra de forma ética e responsável.

O objetivo é alcançar o equilíbrio entre os interesses dos diferentes stakeholders, como os acionistas, os colaboradores, os fornecedores e os clientes, além da comunidade como um todo. 

Ou seja, o conceito está ligado às ideias de responsabilidade gerencial e otimização dos esforços de modo a tornar a atuação do negócio cada vez mais eficiente.

Assim, os princípios da governança corporativa consideram os objetivos de longo prazo e contribuem para uma gestão aprimorada.

Eles são quatro: transparência, prestação de contas, equidade e responsabilidade corporativa. Continue a leitura para saber mais sobre cada um deles.

Transparência

A transparência é um dos mais lembrados princípios da governança corporativa e diz respeito à divulgação de informações relevantes e precisas sobre as operações do negócio para as pessoas interessadas.

Ou seja, os stakeholders não devem ter dúvidas sobre as finanças e o desempenho da empresa e as informações devem circular de forma assertiva.

A transparência possibilita, por exemplo, que os acionistas entendam a situação financeira da empresa em diferentes momentos para tomarem decisões informadas a respeito dos investimentos.

As informações transparentes sobre produtos, serviços e posicionamento da empresa contribuem também para o estreitamento do relacionamento com o cliente e a melhoria de sua experiência com a marca.

Além disso, a transparência na comunicação interna no que diz respeito à estratégia da empresa e ao seu desempenho cria um ambiente de trabalho mais motivador para os colaboradores.

No que diz respeito à comunidade em que o negócio se insere, a transparência também favorece a construção de uma reputação positiva.

Mas para promover a transparência, é preciso partir de uma postura proativa, ao invés de esperar as solicitações dos stakeholders relacionadas ao acesso às informações relevantes.

Você pode usar a tecnologia nesse processo, criando e divulgando relatórios detalhados, que incluam demonstrações de resultados, balanços patrimoniais e fluxos de caixa.

Você também pode elaborar relatórios com informações sobre a estratégia de negócios e as metas a serem alcançadas.

Esses relatórios podem ser enviados periodicamente aos interessados, de acordo com as especificidades do negócio.

Além disso, é importante contar com políticas claras sobre ética, conformidade e práticas empresariais e manter canais de comunicação abertos para receber os feedbacks dos stakeholders.

Para promover o princípio da transparência, sua empresa também pode participar de programas de responsabilidade social corporativa e divulgar as atividades realizadas, comprometendo-se com o bem-estar da comunidade.

Por fim, mas não menos importante, lembre-se de manter o site institucional atualizado com as informações mais relevantes sobre a empresa, suas operações, governança, políticas de sustentabilidade e relatórios.

Você também pode usar as redes sociais para divulgar informações sobre novas iniciativas, eventos e conquistas.

Prestação de contas

A prestação de contas é o segundo dos princípios da governança corporativa e está totalmente atrelada ao primeiro.

Trata-se do cumprimento da obrigação da empresa de prestar contas de suas ações, decisões e resultados aos stakeholders, incluindo acionistas, clientes, funcionários e comunidade.

Quando presta contas de suas atividades, o negócio cria uma relação de confiança com os stakeholders, alinhando os interesses de todas as partes com as ações e decisões tomadas.

Assim, ao publicar ou enviar aos interessados os relatórios sobre os quais falamos no tópico anterior, sua empresa também está cumprindo o princípio da prestação de contas.

Vale a pena lembrar que ela não se resume às informações financeiras, já que as questões operacionais e sociais também são muito relevantes

Para manter uma comunicação assertiva, você pode realizar reuniões periódicas com acionistas e fornecedores para discutir os planos, as metas e o desempenho alcançado pelo negócio.

Também é importante abrir canais fluidos de comunicação para ouvir os feedbacks dos clientes e da comunidade. As redes sociais são uma ferramenta poderosa nesse sentido.

Outra ação importante dentro da prestação de contas é a realização de auditorias externas e internas para que as demonstrações financeiras sejam revisadas.

Ao adotar práticas de prestação de contas, uma empresa não apenas cumpre suas obrigações éticas, mas também constrói uma relação de confiança com seus stakeholders.

Equidade

O terceiro entre os princípios da governança corporativa é o da equidade, que se refere à necessidade de tratar todos os stakeholders de forma imparcial e justa

Isso vai garantir que os direitos de cada um deles sejam respeitados e evitar possíveis discriminações.

Ao garantir um tratamento justo para todos os stakeholders, o princípio da equidade ajuda a construir confiança e a fortalecer a relação entre a empresa e seus investidores, colaboradores, clientes e a comunidade em geral.

Na prática, para promover a equidade, você pode por exemplo, garantir que os acionistas minoritários tenham acesso às mesmas oportunidades e informações que os majoritários.

Outro ponto fundamental é o estabelecimento de políticas de remuneração que sejam transparentes e justas para todos os colaboradores, evitando qualquer disparidade injustificada de salários.

Também é importante oferecer oportunidades iguais de crescimento e desenvolvimento para todos os componentes da sua equipe, independentemente de sua origem ou gênero, promovendo a diversidade e a inclusão no local de trabalho.

Os fornecedores também devem ser tratados de forma justa e imparcial, a partir da implementação de processos de escolha que considerem a qualidade, o preço e a capacidade oferecidos, sem nenhum favorecimento indevido.

Contar com um comitê de auditoria independente no conselho de administração vai ajudar a garantir que as decisões financeiras sejam tomadas de forma justa para todos os acionistas.

Desk Talks: Diversidade e Inclusão

Responsabilidade corporativa

O último entre os quatro princípios da governança corporativa diz respeito à responsabilidade em relação aos impactos das operações do negócio.

Isso pode envolver não apenas os acionistas, colaboradores e clientes, mas a comunidade local e o meio ambiente.

Ou seja, a responsabilidade corporativa deve incluir práticas éticas, de sustentabilidade e responsabilidade social.

Ao adotar práticas social e ambientalmente responsáveis, o negócio pode alinhar seus interesses com os das comunidades em que suas operações são colocadas em prática, além dos consumidores e investidores.

Dessa forma, é construída, progressivamente, uma reputação positiva e a gestão estabelece uma base sólida de confiança com os stakeholders.

Na prática, a responsabilidade corporativa pode ser implementada a partir do desenvolvimento de políticas de sustentabilidade com foco na minimização do impacto ambiental das operações.

A empresa deve fazer um uso consciente e eficiente dos recursos naturais e apoiar iniciativas focadas nas energias renováveis.

Outras ações importantes são o apoio a organizações sem fins lucrativos e a contribuição para o desenvolvimento social e econômico das comunidades locais onde a empresa está presente.

A responsabilidade corporativa também tem a ver com a implementação de políticas de recursos humanos promotoras de um ambiente de trabalho seguro, diversificado e inclusivo para seus colaboradores.

Por fim, não deixe de adotar um código de ética transparente e manter todas as operações em conformidade com as regulamentações vigentes para o seu setor.

É claro que para colocar todas essas ações em prática, você precisa explorar o potencial que a tecnologia tem a oferecer ao seu negócio.

Conte com a Desk Manager para isso! Nossa plataforma conta com diversas funcionalidades que favorecem o cumprimento dos princípios da governança corporativa. Conheça nossos planos.

Nova call to action

Posts relacionados

Um Sistema Help Desk é útil para eliminar processos manuais em relação..
Se sua empresa está precisando de um sistema de help desk, não..

Mais lidos

Companhia amplia universo de usuários finais para reunir seus clientes numa mesma plataforma de gerenciamento...

Gestores dos mais diversos segmentos concordam sobre a grande importância do planejamento estratégico para alcançar..

O marketing de relacionamento é uma estratégia poderosa para empresas (tanto pequenas, como grandes) que..

Receba nossa newsletter

Tenha acesso a conteúdos de valor sobre atendimento, sucesso do cliente, tecnologia e muito mais.

Você está pronto para uma jornada de sucesso?

Peça uma demonstração gratuita e conheça a Desk Manager, uma plataforma que proporciona uma experiência completa com sistema help desk e service desk.
plugins premium WordPress