Comunicação Síncrona e Assíncrona: entendendo a diferença

Help Desk para Gestão de Atendimento Integrado com WhatsApp e Telegram

O trabalho remoto, que já era uma tendência antes da pandemia, tornou-se uma realidade nesse período dentro de muitas empresas, trazendo à tona conceitos como o de comunicação síncrona e assíncrona

A compreensão das características relacionadas a cada um desses dois tipos de comunicação possibilita o melhor aproveitamento das vantagens de ambas.

Isso porque o trabalho remoto tende a continuar vantajoso para empresas dos mais diversos segmentos mesmo após a pandemia.     

Passado o período de urgência em que esse tipo de trabalho precisou ser implementado, é hora de investir em estratégias de planejamento para extrair dele os melhores resultados possíveis. 

Um dos grandes desafios do modelo de trabalho remoto é o controle adequado do tempo e da produtividade das equipes. 

A organização do trabalho sem a presença física dos líderes, altera a dinâmica dos processos, as interações e a definição dos prazos. 

Isso pode levar à sobrecarga de informações ou à perda de dados relevantes para o desenvolvimento das atividades, tanto por parte dos gestores quanto dos colaboradores. 

Sendo assim, surge a necessidade de desenvolvimento de novas habilidades, por exemplo, de gestão do tempo e de utilização de novas ferramentas e técnicas. 

Nesse contexto, os processos comunicacionais precisam ser estruturados no sentido de favorecer a velocidade das atividades, a produtividade e a tomada de decisões assertivas. 

É nesse sentido que se torna fundamental a compreensão dos conceitos de comunicação síncrona e assíncrona e das vantagens e desvantagens de cada uma delas.

E é sobre isso que iremos falar nos próximos tópicos. Continue a leitura!

Diferença entre comunicação síncrona e assíncrona

Para entender como a sua empresa pode aplicar a comunicação síncrona e assíncrona da maneira mais vantajosa possível, vamos começar explicando os conceitos. 

A comunicação síncrona é aquela que ocorre em tempo real, ou seja, a pessoa que quer comunicar envia a mensagem e, em seguida, o receptor envia a resposta. 

As comunicações que ocorrem nas reuniões, são exemplos de comunicação síncrona, assim como toda conversa desenvolvida presencialmente. 

Porém, a comunicação síncrona também pode ocorrer de forma remota. Não é necessário que as pessoas envolvidas estejam em um mesmo ambiente físico.

As ligações telefônicas e as reuniões virtuais são os principais exemplos de comunicação síncrona remota. 

Esse tipo de comunicação pode ser utilizado em situações diversas, como quando é necessário tratar de assuntos urgentes ou criar conexão entre a equipe

Já a comunicação assíncrona é a mais utilizada quando o modelo de trabalho é o home office. Trata-se de um tipo de comunicação sem conexão de espaço e de tempo.

Ou seja, a ideia de assincronicidade pressupõe o envio da mensagem pelo comunicador e a emissão da resposta de acordo com a disponibilidade do receptor ou com um acordo pré-estabelecido. 

Portanto, a comunicação assíncrona não ocorre simultaneamente. Ela pode até envolver, por exemplo, a troca de e-mails entre pessoas que estão dentro de uma mesma empresa, mas sempre é mediada por uma ferramenta de comunicação

Esse é o tipo de comunicação mais utilizado quando a empresa opta pelo trabalho remoto e funciona bem para a organização das demandas recorrentes.

Você pode utilizá-la, por exemplo, para combinar prazos, explicar tarefas a serem executadas e desenvolver cronogramas. 

Solucione todos os seus problemas com nosso software de help desk

Comunicação síncrona: vantagens e desvantagens

Como é possível perceber, há situações mais propícias para a utilização de cada uma das duas modalidades de comunicação aqui tratadas. 

A partir da análise das vantagens e desvantagens de cada uma delas, você pode estabelecer qual é o mais adequado para as situações comunicacionais do seu negócio.

Vamos ver, então, as principais vantagens da comunicação síncrona:

  • Interações mais profundas entre os diferentes componentes das equipes e entre as equipes e os gestores, independentemente dos contatos serem presenciais ou mediados;
  • A exposição de argumentos e o brainstorming funcionam mais eficientemente nos debates ao vivo e as discussões tornam-se mais proveitosas; 
  • Como o fluxo não é interrompido até que se chegue a um acordo ou conclusão, a produtividade tende a aumentar.

Mas também há desvantagens envolvidas nesse modelo comunicacional, como por exemplo:

  • O desvio de foco pode ocorrer quando é necessário interromper o fluxo de uma atividade urgente ou de grande relevância para participar de uma reunião;
  • O trabalho remoto permite às empresas a contratação de colaboradores capacitados independentemente de sua localização física. Porém pode haver uma dificuldade no estabelecimento dos horários para as reuniões por conta dos fusos horários variados;
  • Problemas técnicos podem atrasar o andamento dos projetos. Quando uma reunião por streaming é interrompida porque a tecnologia falhou, se o problema demorar a ser resolvido, ela precisará ser reprogramada. 

Comunicação assíncrona: vantagens e desvantagens

Vejamos agora os prós e os contras da comunicação assíncrona, começando pelos prós: 

  • Quando não há uma pressão para o envio de respostas imediatas diante do recebimento de uma mensagem, ganha-se em em flexibilidade, concentração e qualidade das respostas elaboradas;
  • A empresa pode integrar colaboradores espalhados ao redor do mundo e os fusos horários diferentes não representarão grandes problemas;
  • A qualidade das interações e, consequentemente, os resultados dos projetos tendem a melhorar;
  • A gestão do conhecimento e a troca de informações são facilitadas;
  • As rotinas dos colaboradores tornam-se mais flexíveis e eles ganham em qualidade de vida.

Por outro lado, as desvantagens da comunicação assíncrona são as seguintes:

  • Dificuldade de identificação das ações que precisam ser colocadas em prática imediatamente, o que pode representar uma queda na produtividade;
  • Necessidade de elaboração de mensagens mais detalhadas para que as informações não se percam e os planos sejam cumpridos;
  • Sensação de isolamento e dificuldade de lidar com situações que necessitam de um retorno imediato. 

Qual é o modelo ideal?

Como foi possível inferir ao longo dos tópicos acima, os modelos de comunicação síncrona e assíncrona podem ser utilizados de acordo com o tipo de demanda.

O ideal é que a sua comunicação interna se baseie em um misto dos dois modelos, pois tudo depende do contexto.

Em alguns casos, a comunicação síncrona é mais favorável para que o interlocutor compreenda inteiramente a mensagem que está sendo emitida.

Em outras situações, porém, pode haver um foco na necessidade de registro ou de um planejamento minucioso do conteúdo da mensagem, o que sugere uma comunicação assíncrona. 

O importante é que considerando todas as situações comunicacionais da sua empresa, o resultado seja sempre uma comunicação assertiva

Para garantir que haja assertividade em qualquer comunicação síncrona e assíncrona nas rotinas do seu negócio, acesse também nosso artigo sobre comunicação assertiva. Boa leitura!

Gamificação para Atendimento

Posts relacionados

Um Sistema Help Desk é útil para eliminar processos manuais em relação..
Se sua empresa está precisando de um sistema de help desk, não..

Mais lidos

Companhia amplia universo de usuários finais para reunir seus clientes numa mesma plataforma de gerenciamento...

Gestores dos mais diversos segmentos concordam sobre a grande importância do planejamento estratégico para alcançar..

O marketing de relacionamento é uma estratégia poderosa para empresas (tanto pequenas, como grandes) que..

Receba nossa newsletter

Tenha acesso a conteúdos de valor sobre atendimento, sucesso do cliente, tecnologia e muito mais.

Você está pronto para uma jornada de sucesso?

Peça uma demonstração gratuita e conheça a Desk Manager, uma plataforma que proporciona uma experiência completa com sistema help desk e service desk.
plugins premium WordPress