Como delegar e gerenciar as tarefas de sua equipe

Gerenciar uma equipe não é uma tarefa muito fácil. No papel de gestor, você já deve ter enfrentado ou enfrenta o problema de centralização, não é mesmo?

Se a resposta for positiva, provavelmente você já deve ter enfrentado problemas como: não conseguir cumprir certos prazos, projetos foram deixados de lado e tarefas importantes não foram priorizadas.

São por estes e outra infinidade de motivos que delegar tarefas é uma forma eficiente de gerenciar sua equipe e atividades.

No post de hoje, abordaremos a importância de delegar e gerenciar as tarefas de sua equipe. Vamos lá?

O que é delegar?

De acordo com o Dicionário Aurélio, a palavra “delegar” significa conceder poderes ou obrigações à outra pessoa. Ação, que, no entanto, não é exatamente simples, não é mesmo? Delegar exige confiança de que a outra pessoa será capaz de executar a tarefa com destreza e de acordo com os padrões exigidos.

Contudo, apesar de demandar tempo e esforços a curto prazo para receber resultados a longo prazo, não é motivo para desanimar. Os autores COATES&BREEZE (2000, p.7) afirmam que “delegar não é algo que ajuda somente a você; é um procedimento que também dá a seus funcionários abertura para se desenvolverem”. Em outras palavras, é um processo muito vantajoso. Mas, que vantagens são essas?

As vantagens de delegar e gerenciar tarefas

Ainda segundo COATES&BREEZE (2000), podemos citar como vantagens para delegar tarefas as seguintes:

  • Tempo para o gerente executar tarefas que realmente são sua função;
  • Aumento das capacidades e competências dos colaboradores devido à maior aprendizagem advinda das oportunidades e responsabilidades de realizar novas tarefas;
  • Flexibilidade para organizar o trabalho, possibilitando programas as tarefas de cada colaborador da equipe e ainda dispor de recursos alternativos;
  • Permite que você pense, pesquise, discuta e se desenvolva para os resultados estratégicos da empresa.

Como delegar e gerenciar tarefas?

COATES&BREEZE (2000) sugerem que nos façamos 10 perguntas antes de delegar uma tarefa:

1) O que você pode delegar?

2) A quem você pode delegar?

3) Quanto você pode delegar?

4) Quais as necessidades de aprendizagem e supervisão?

5) Como motivar os colaboradores a fazer a tarefa?

6) Como fazer a supervisão e ajudar na aprendizagem?

7) Como será o sistema de controle?

8) Quem será incumbido de realizar cada tarefa?

9) Como você dirá às pessoas o que fazia e quem atualmente será o responsável pela tarefa?

10) Como tornar a tarefa de delegar uma rotina normal da prática gerencial?

201917Jun_deskmanager-cta-blog

Os autores ainda destacam que, basicamente funciona como um processo de recrutamento e seleção, ou seja, você, no papel de gestor, precisa determinar: qual a tarefa, quem é a pessoa ideal, como as pessoas receberão e aprenderão a tarefa delegada e como e quando poderão exercer as atividades por conta própria.

Essas perguntas, entretanto, não servirão de nada se alguns passos ficarem de fora. A seguir, veja quais são eles:

  • Conheça a sua equipe: Antes de qualquer outra coisa, este é o elemento principal. Não será possível delegar tarefas se você não compreender o perfil de cada colaborador: seus anseios, aspirações, sonhos e angústias.
  • Clareza na explicação das tarefas: Seja claro na hora de explicar qual a tarefa a ser realizada, qual o objetivo a ser atingido e o resultado esperado. Neste item, seria interessante utilizar relatórios tanto para a explicação como para após a realização da atividade.
  • Definição de prazos: É fundamental que a equipe trabalhe com prazos. Será útil não só para mensuração de resultados, como para a programação de tarefas. Aqui outra vez os relatórios se tornam úteis.
  • Prestação de suporte: É importante demonstrar para sua equipe que você, como gestor, estará presente sempre que precisarem tirar dúvidas sobre as novas atividades ou desejarem compartilhar suas ideias.
  • Definição de responsabilidades: Assim como na clareza sobre as atividades, também é preciso ser transparente na hora de definir as responsabilidades. Dessa maneira, ninguém irá interferir no trabalho do outro e também será fácil medir o desempenho da equipe como um todo e individualmente.
  • Utilização de ferramentas eficientes: Abuse da tecnologia! Atualmente, temos à disposição um universo de aplicativos e programas para auxiliá-lo na tarefa de delegar e gerenciar tarefas. Um exemplo disso é a nossa ferramenta, que pode ser utilizada não só para delegar as tarefas da equipe como também para acompanhar o progresso de cada membro.

Como você pôde perceber, delegar e gerenciar tarefas é o papel principal de todo e qualquer gestor. Apesar disso, sabemos que não se trata de uma atividade fácil. Por isso, esperamos que nossas dicas tenham o auxiliado a enxergar este processo como um todo e começar delegar!

Gostou do texto? Já sabia da importância de delegar tarefas para sua equipe? Aplique que você aprendeu neste post e depois conte-nos sua experiência!

Ah! E é Claro, ainda ficou com dúvidas? Por favor entre em contato !

CTA-DM-2-6

Posts relacionados

Um Sistema Help Desk é útil para eliminar processos manuais em relação..
Se sua empresa está precisando de um sistema de help desk, não..

Mais lidos

Companhia amplia universo de usuários finais para reunir seus clientes numa mesma plataforma de gerenciamento...

Gestores dos mais diversos segmentos concordam sobre a grande importância do planejamento estratégico para alcançar..

O marketing de relacionamento é uma estratégia poderosa para empresas (tanto pequenas, como grandes) que..

Receba nossa newsletter

Tenha acesso a conteúdos de valor sobre atendimento, sucesso do cliente, tecnologia e muito mais.

Você está pronto para uma jornada de sucesso?

Peça uma demonstração gratuita e conheça a Desk Manager, uma plataforma que proporciona uma experiência completa com sistema help desk e service desk.
plugins premium WordPress